Quando as embalagens conquistam os consumidores

Os hábitos de consumo estão em transformação. Como as pessoas estão passando mais tempo em casa, as vendas pela internet sobem. E, consequentemente, a demanda por embalagens aumenta.  

Mesmo antes da pandemia, o mercado global de embalagens já dava sinais de crescimento. O relatório da Smithers (UK) “O futuro das embalagens de papelão ondulado” já indicava crescimento de 3,7% ao ano e que poderá atingir US$ 300 bilhões em 2023.

Neste ritmo crescente, nota-se preferência por embalagens produzidas com papel, papelcartão e papelão. Afinal, as vantagens são para todos. Estudo da  The Alliance for Beverage Cartons and the Environment  revelou que um caminhão carregado com caixas de bebidas de papel transporta cerca de 95% de produto e apenas 5% de embalagem.

Outro ponto favorável é que a embalagem de papelcartão pode ser projetada em praticamente qualquer formato. A impressão é excelente e ajuda a despertar o consumo. Já os diferentes tipos de acabamentos dão o toque final.   

Afinal não é fácil conquistar a atenção do consumidor uma vez que cada pessoa é exposta, diariamente, a até 10 mil anúncios de diferentes produtos e serviços como aponta a pesquisa 2021 Global Marketing Trends, da Deloitte.

As grandes companhias lideram esse movimento em prol das embalagens de papelcartão. A Sony decidiu usar menos plásticos nas embalagens do PlayStation 5. Esse movimento faz parte do plano Green Management 2025 e o One Blue Ocean Project da companhia que foi responsável por eliminar de 93% a 99% do uso de plástico nas suas embalagens. Fonte: site da revista EmbalagemMarca.

O fato é que o mundo já compreendeu que o caminho sustentável da produção de embalagens passa pelo papel. Para efeito de comparação, a decomposição desse material na natureza leva de 3 a 6 meses; plástico mais de 400 anos; vidro mais de 1000 anos. Além disso, as embalagens de papelcartão consomem menos energia não renovável na produção e emitem menos gases do efeito estufa.

Vale ressaltar que na Ápice Artes Gráficas todo papelcartão que alimenta as impressoras é proveniente de madeiras de reflorestamento. O compromisso da gráfica, que é especialista em produzir embalagens há mais de 40 anos, é trabalhar com responsabilidade socioambiental por meio da certificação FSC®.

E a tendência é que a demanda por embalagens continue aumentando. O empreendedorismo, por exemplo, é um indicador bom para o “negócio embalagem”.

A alta no número de Micro Empreendedores Individuais (MEIs) indica que o país está perto de atingir o maior índice de empreendedores dos últimos 20 anos. Dados do Global Entrepreneurship Monitor (GEM) mostram que aproximadamente 25% da população adulta está envolvida na criação de um novo negócio ou são donos de empresas com três anos e meio.

E, certamente, todos vão precisar de embalagens. 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *