A nova plástica da embalagem.

Light Bulb Ideas Creative Diagram Concept

Ano novo, vida nova! Aliás, 2020 começou bem agitado na Ápice que há mais de 40 anos investe tecnologia e pessoas para atender com excelência a demanda de embalagens.

O resultado desse posicionamento é que conseguimos visualizar antecipadamente as tendências que ditarão o ritmo do mercado de embalagem. O consumo consciente é uma delas.  

Ok, vamos direto ao ponto: a pauta do momento é o plástico. Apesar de a palavra “desplastificar” não existir, ela entrou para o dicionário mundial. O seu significado é evidente: retirar, eliminar ou abandonar o plástico.

Segundo estudo do WWF, organização que trabalha para mudar a degradação ambiental e promover um futuro onde sociedade e natureza vivam em harmonia, o volume de plástico que migra para os oceanos todos os anos é de aproximadamente 10 milhões de toneladas – o que equivale a 23 mil aviões Boeing 747 pousando nos mares todos os anos.

Diz o estudo que, nesse ritmo, até 2030, teremos – nada mais nada menos – do que 26 mil garrafas de plástico no mar a cada km2. É caro leitor (a), seguindo nesse ritmo, até 2050 os oceanos terão mais plásticos do que peixes. A expressão a maré não está para peixe é mais atual do nunca, nesse caso.

Assustou? É claro que sim, né! Os dados, que surpreendem negativamente, deixam o mundo com o alerta máximo ligado. Porém, contudo, todavia nem sempre o caminho da reconstrução é feito somente por espinhos. Vamos agora pescar o lado bom dessa história.

Contra o uso indiscriminado do plástico, circula pelo mundo atitudes instigadas por grandes players de diferentes segmentos. A Heineken, do Reino Unido, avisou que eliminará os anéis de plástico e embalagens retráteis agrupadoras de todo o seu portfólio. A iniciativa deve remover 517 toneladas de plástico anualmente da cadeia de suprimentos. E sabe qual é a saída encontrada pela cervejaria: anéis de papel cartão de origem sustentável. Gradativamente o uso do anel agrupador de papel cartão será estendido a todas as marcas do grupo até o final de 2021.

Vamos deixar a cerveja, por um instante, e pedir um refrigerante bem gelado.  A Coca-Cola Europa vai substituir todos os envoltórios de plástico que protegem as latinhas por envoltórios de papel cartão. O objetivo da fabricante de refrigerantes é economizar duas mil toneladas de plástico e três mil toneladas de CO2 anualmente.

Os dois exemplos citados, com informações colhidas do site da Revista EmbalagemMarca, indicam que a impressão, a partir de substratos amigáveis ao meio ambiente, como é o caso do papel, é a bola da vez em 2020. É fato que o mercado busca embalagens criativas, diferenciadas, exclusivas e que não prejudiquem o ambiente.

É neste ponto que entra a Ápice Artes Gráficas, uma empresa que tem como prioridade apresentar soluções com nível máximo de satisfação, desde a concepção do projeto até a entrega. A gráfica conta com a primeira impressora da América Latina a alcançar 20 mil folhas por hora. Flexibilidade e velocidade atuam em parceria para atender diferentes demandas de embalagens.    

É bom saber que há espaço para avançar no quesito sustentabilidade, com foco em produção de embalagem. Basta olhar com atenção o estudo da Associação Brasileira da Embalagem (ABRE) que mostrou que em 2018 os plásticos representaram a maior participação: 41% do total; seguido por embalagens de papel/cartão/papelão com 33%; metálicas com 17%; vidro com 4%; têxteis para embalagens com 3% e madeira com 2%. Para efeito de mensuração, o estudo revelou que o valor bruto da produção física de embalagens atingiu o montante de R$ 75,3 bilhões em 2018, um aumento de 11,9% em relação aos R$ 67,3 bilhões alcançados em 2017.

A novidade disso tudo é que sempre é possível alinhar a embalagem com as necessidades do mercado, seguindo a ordem dos consumidores. Mudar do plástico para o papel é uma questão urgente e alcançável.

Conte com a Ápice e converse diretamente com uma equipe especializada e focada no setor de embalagens. Chegou a hora de “desplastificar” antigos pensamentos e investir em ideias inovadoras.   

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *